sábado, 20 de fevereiro de 2010

olhar..

num caminhar sem fim
no brotar dos sonhos
na paixâo que senti
dos teus olhos tristonhos

9 comentários:

Albuq disse...

Lindo... tão doce, suave, vivo...

Sonhadora disse...

Meu querido Braulio
Lindo poema, um quanto nostálgico, mas belo.

beijinhos
Sonhadora

Wania disse...

Braulio querido

Um olhar tristonho fala tanto...
Lindo sempre!

Bjão carinhoso para ti.

Mònica disse...

qué sentimientos tan puros nacen en ti. Tus poemas siempre son esencia.

Un abrazo

Priscila Rôde disse...

Um olhar grita, sempre!

Lara Amaral disse...

Lindo poema!

Beijos.

Sandra Botelho disse...

Foi quando mergulhei neste olhar
e por ele me deixei encantar
Desse olhar fiz o meu mundo
nesse olhar doce e tão profundo...

Graça disse...

E tanto que um olhar diz...

Continuas a tecer belas palavras, querido Trovador.


Um beijo doce, para a tua semana.

reltih disse...

se siente un poco de melancolía.