domingo, 17 de setembro de 2017

poema

uma poesia ao amanhecer
levo na minha memoria escrita
nos desejos que vou ter
minha Deusa.... Afrodita..

4 comentários:

rosa-branca disse...

Amigo Braulio, tenho estado afastada dos blogs e de quase tudo mas aos poucos vou vindo. Já tinha saudades das suas quadras tão belas. Espero, que esteja bem. Beijinhos com muito carinho

Braulio Pereira disse...

olá Querida amiga ROSA-BRANCA eu escrevo no instagram em asas de poesia MAIA PORTO

NA CASA DO POETA escrevo menos vou escrevendo isso sim

estou bem sempre feliz o mesmo te desejo se sempre feliz

obrigado pelo carinho.

beijos

CÉU disse...

Olá, querido amigo!

Que poema, que quadra tão bonita e romântica!
E a saúde vai bem?

Beijos.

Poetiza disse...

Un gusto volver a leerte. Saludos