segunda-feira, 10 de maio de 2010

amanheceres

assim....assim... agora
doce momento
no romper da aurora
sopra-me vento

12 comentários:

Albuq disse...

No romper da aurora
sopra-me vento...

espero esses ventos bons! bjs, ótima semana, que bom te ler!

rosa-branca disse...

Se acaso amanheceres
Bem longe da multidão
Escuta o teu coração
São belos, seus dizeres.

Beijo meu e boa semana

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindo poema como sempre, uma brisa leve.

Beijinhos
Sonhadora

Agulheta disse...

Lindo este amanhecer numa suave brisa,onde se escuta o coração...lindo.
Beijinho

Vivian disse...

...e neste sopro do vento,
trago-lhe afagos de brisa
leve a tocar seu coração.

bjbjbj

reltih disse...

ufffffff una muy romántica brisa.
un abrazo

angela disse...

assim...assim...agora
leio seu poema
momento de doçura
a noite se acalma.

Lindo como sempre.
beijos

Leca disse...

Nada como o vento...
assim assim...
beijos
Leca

luciernagadeluz disse...

!Mmmmmmmm ese vientooo!. Un beso grande braulio

Graça Pires disse...

Da brisa da madrugada...
Um abraço.

segredo disse...

k o vento sopre e te traga para bem perto de mim;)
Beijinho de lua*.*

yolanda de carvalho disse...

para ti Braulio con cariño de Yolanda. naufraguei em lago de estrelas/ eu que só queria navegar/pôr as minhas vontades em velas/ e o mar enchi-o a chorar. beijos