quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

t.....

que nuvens ... que medo
será grande.. a tormenta
anda...vem... aqui para dentro
relampagos... será cruenta..

2 comentários:

Roberto disse...

La poesia

Non conosce confini
Non ha tempo
Non conosce razza

braulio disse...

grazie
sei sempre benvenuto

un saluto